Resumos

Teoria do Conflito

Resumo do Manual de mediação, capítulo 2 (SAA)

  • Conflito: Processo ou estado em que duas ou mais pessoas divergem em razão de metas, interesses ou objetivos individuais percebidos como mutuamente incompatíveis.
  • Normalmente, o conflito é visto como um fenômeno negativo, que proporciona perdas para, ao menos, uma das partes envolvidas
  • Entretanto, do conflito podem surgir mudanças e resultados positivos
  • A possibilidade de se perceber o conflito de forma positiva consiste em uma das principais alterações da chamada moderna teoria do conflito
  • O fato de se perceber o conflito de forma negativa desencadeia uma reação chamada “retorno de luta ou fuga” : consiste na teoria de que animais reagem a ameaças com uma descarga ao sistema nervoso simpático impulsionando-o a lutar ou a fugir
  1. Libera adrenalina causadora de reações como: transpiração, taquicardia, raiva, hostilidade, descuido verbal, elevação do tom de voz etc
  • Ao perceber o conflito de maneira positiva, o mecanismo de luta ou fuga não é acionado, uma vez que aquela situação não é vista como ameaça
  1. Então, as reações desencadeadas seriam: moderação, equilíbrio, naturalidade, serenidade, compreensão, simpatia, consciência verbal etc
  • Na visão positiva do conflito, não existe a necessidade de enxergar o conflito como uma relação onde existem, necessariamente, interesses antagônicos. O ato ou efeito de não perceber um diálogo ou conflito como se houvesse dois polos distintos ( um certo e outro errado) denomina-se despolarização

Espirais do Conflito

  • Progressiva escalada, em relações conflituosas, resultante de um círculo vicioso de ação e reação
  • Cada reação torna-se mais severa do que a ação que a precedeu e cria uma nova questão ou ponto de disputa
  • Nesse modelo, entende-se que com as espirais do conflito, as causas originárias tornam-se secundárias, estando as partes mais preocupadas em reagir à última ação do que com a causa original da controvérsia
  • Conflitos ficam mais complexos

Processos construtivos e destrutivos

  • Destrutivo
  1. Se caracteriza pelo enfraquecimento ou rompimento da relação social preexistente à disputa
  2. Tendência do conflito se expandir ou tornar-se mais acentuado
  3. Conflito torna-se independente de suas causas iniciais
  4. Ideia de que os interesses das partes não podem coexistir
  5. Partes concluem tal relação com esmaecimento da relação social preexistente e acentuação da animosidade
  • Construtivo
  1. Partes concluiriam a relação processual com um fortalecimento da relação social preexistente à disputa
  2. Capacidade de estimular as partes a desenvolverem soluções criativas que permitam a compatibilização dos interesses
  3.  Robustecimento do conhecimento mútuo e empatia
  • Portanto, se conduzido construtivamente, o conflito pode proporcionar crescimento pessoal, profissional e organizacional
  • Atualmente, a maioria dos processos são destrutivos e não resolvem, efetivamente, as causas da controvérsia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s